Acesso Aluno
Escola Marissol Colégio Augusto COMTE
Atenção   AVISO AOS PAIS     


+ Veja mais
:: ARTIGO

Como conseguir uma autoridade positiva junto aos f

Como conseguir uma autoridade positiva junto aos f
31/03/2017

Ter autoridade, que é diferente de autoritarismo, é um pressuposto básico para a boa educação de nossos filhos.
Devemos demarcar limites e objetivos claros que lhes permita diferenciar o que está bem e o que está mal, porém um dos erros mais frequentes de pais e mães é o de exceder-se na tolerância; e tolerar o que devia ser intolerável.
O pai ou a mãe que primeiro reconhece não saber o que fazer ante condutas disruptivas do seu pequeno e que, depois, sente que perdeu seu filho adolescente, não pode desfrutar de uma boa qualidade de vida, por muito que andem bem financeiramente ou profissionalmente, porque fracassou no negócio mais importante: a educação de seus filhos.
Estes são os principais erros que, com mais frequência, debilitam e diminuem a autoridade dos pais:
- A permissividade. É impossível educar sem intervir. A criança quando nasce não tem consciência do que é bom nem do que é mau. Os adultos somos os que temos que dizer-lhe o que está bem e o que está mal
- Ceder depois de ter dito NÃO. Uma vez que você decidiu atuar, a primeira regra de ouro a respeitar é a do NÃO. O NÃO é inegociável. Nunca se pode negociar o não. Quando você for dizer não ao seu filho, pense bem antes, porque não pode depois voltar atrás
- O autoritarismo. É o outro extremo do mesmo bastão, oposto à permissividade. É tentar que a criança faça tudo o que o pai/mãe quer anulando sua personalidade. O autoritarismo só pretende a obediência pela obediência. Seu objetivo não é uma pessoa equilibrada e com capacidade de autodomínio, mas criar uma pessoa submissa, escrava sem iniciativa, que faça tudo o que o adulto lhe diga. É tão negativo para a educação como a permissividade.
- Falta de coerência. Já dissemos que as crianças precisam de pontos de referência e de limites estáveis. As reações do pai/mãe deverão ser sempre dentro de uma mesma linha diante dos mesmos fatos.
- Gritar. Perder as estribeiras. Às vezes é difícil não perder a paciência. Perder a paciência supõe um abuso de força que trás consigo uma humilhação e uma deterioração da autoestima para a criança.
Gritar trás consigo um grande perigo. Quando os gritos não dão resultado, a ira do adulto pode passar facilmente para o insulto, a humilhação e inclusive os maus tratos psíquicos e físicos, coisa que são muito graves.
- Não cumprir promessas ou ameaças. A criança aprende muito cedo que quanto mais promete ou ameaça o pai ou a mãe, menos cumpre o que dizem. Cada promessa ou ameaça não cumprida é uma perda de autoridade que fica pelo caminho.
- Nunca negociar. Não negociar nunca significa rigidez e inflexibilidade. Pressupõe autoritarismo e abuso de poder, e isso impossibilita a comunicação.
- Não escutar. Dodson afirma em seu livro El arte de ser padres (A arte de ser pais), que uma boa mãe - hoje também podemos acrescentar pai - é a que escuta seu filho ainda que ela esteja falando pelo telefone. Muitos pais se queixam de que seus filhos não os escutam. E o problema é que muitos deles não escutaram nunca seus filhos. Os julgaram, avaliaram e lhes disseram o que deviam fazer, mas escutá-los...nunca!
- Exigir êxitos imediatos. Com frequência, os pais têm pouca paciência com seus filhos. Queriam que fossem melhores... Com seus filhos esquecem que ninguém nasceu sabendo. E tudo requer um período de aprendizagem com os correspondentes erros.
Todas estas recomendações podem ser muito válidas para ter autoridade positiva ou totalmente ineficazes e até negativas. Dependerá de dois fatores, importantes em qualquer atuação humana e imprescindíveis nas relações com os filhos: amor e senso comum.

...



Twitter Twitter

Agenda Enquete

NA SUA OPINIÃO, QUAL É O FATOR MAIS IMPORTANTE PARA UMA BOA ESCOLA?







Votar +Ver resultado


Fone: (71) 3016-3329

contato@colegiomarissol.com.br

R. S. Domingos, 15 - São Marcos
Salvador - BA

Unidade de Nova Brasília (71) 3393-5493 / (71) 3016-3329
Unidade de Pau da Lima (71) 3393-3112
Siga-nos: Facebook Twitter Linkin Youtube


® 2011 Escola Marissol. Todos os direitos reservados.
TKO Web - Agência Digital